Qi Gong - 8 Peças de Brocado
|

Ba Duan Jin ou 8 Peças de Brocado

O “Ba” – Oito – refere-se aos Oito Trigramas do I Ching que representam as transformações da Natureza. “Duan” significa peça, e “Jin” é um luxuoso tecido em seda. São oito exercícios preciosos para cultivar o bem estar físico e mental.

As Oito Peças de Brocado datam das épocas de Sui e Tang (581-907). Esta série foi criada na Dinastia Song pelo General Yen Fei para tornar mais forte e robusto o organismo dos soldados, na época em guerra com o exército da Dinastia Jin.

Estes exercícios derivam do Clássico Yi Jin Jing  (Método de Qi Gong para a renovação dos músculos e tendões) que foi criado por Boddhidharma, um monge Budista, com o propósito de fortalecer  os corpos dos monges de Shaolin que se encontravam debilitados e enfraquecidos devido a muitas horas de meditação e à prática das artes marciais. Aliás, o Qi Gong terapêutico conheceu um grande desenvolvimento nos mosteiros, devido à  sua localização remota e à necessidade de tratamento médico por parte dos praticantes das artes marciais. 

As Oito Peças de Brocado ou Ba Duan Jin, são portanto, uma série de exercícios criada especificamente para fortalecer o corpo e o espírito. Foi sendo transmitida de geração em geração e é uma das mais praticadas pelo povo chinês para aumentar e preservar a saúde.

Uma prática regular de 15 a 20 minutos por dia é suficiente para a transformação gradual do organismo. Se os movimentos forem executados correctamente, coordenados com a respiração e com a mente totalmente focada, a transformação dar-se-á também a nível energético estimulando todo o sistema imunitário.

Antes de começar:

  • Pés juntos com calcanhares colados e pontas dos pés afastadas
  • Focar um pouco na respiração para acalmar a mente (Wu Ji)
  • Respiração silenciosa, suave e natural
  • Concentração no Dan Tian
  • Boca fechada com a ponta da língua a tocar no palato
  • O olhar no horizonte, descontraído sem se focar em nada
  • Corpo relaxado.

Os 8 Movimentos do Ba Duan Jin

1 – Sustentar o Céu nas Mãos para equilibrar o Triplo Aquecedor – Liang Shou Tao Tian Li San Jiao

O alongamento dos braços e mãos acima da cabeça estimula a circulação sanguínea e de Qi em todo o corpo. O exercício equilibra a energia do Triplo Aquecedor (San Jiao) e melhora as funções do pulmão, do estômago e do baço. Por outro lado o movimento também alonga a caixa torácica aliviando dores e contraturas musculares.

Concentração:

  • Concentração no movimento dos braços que deve ser fluído e harmonioso. Imagina que os braços estão na água e que existe uma ligeira oposição ou resistência ao movimento.
  • Com a prática, e mantendo a sensação de resistência concentra-te também nos pontos Lao Gong nas palmas das mãos.
  • Concentração interna: quando as mãos estão em baixo foca-te no Dan Tian inferior na região abdominal, à medida que as mãos sobem, a concentração passa para o Dan Tian médio na zona do peito, e finalmente quando as mãos passam a altura dos ombros a concentração sobe para a a cabeça, região do Dan Tian superior. Na descida fazes a concentração ao contrário.

Tens 10 minutos?

2 – Apontar o Arco – Zuo You Wan Gong She Da Diao

Este é o exercício mais conhecido do Ba Duan Jin, melhora a respiração e a circulação sanguínea. O movimento dos braços com a extensão dos dedos indicador e polegar tonifica os meridianos do Intestino Grosso e do Pulmão. Tonifica a energia dos Rins e estimula o Meridiano Dai Mai (Vaso da Cintura – liga os meridianos que passam verticalmente pelo tronco equilibrando a energia de todos eles). É também muito eficaz na tonificação muscular das pernas e coxas e fortalece a região lombar prevenindo assim, as dores nas costas.

Concentração:

  • A concentração acompanha o movimento de apontar e focar o arco de forma a estimular a circulação de qi nos ombros e nos braços. 

3 – Levantar a Montanha com um Braço – Tiao Li Pi Wei Bi Dan Ju

Este movimento faz subir e descer a energia equilibrando o Qi do Baço e do Estômago regulando assim a digestão. Não apenas a circulação de energia e de sangue em todo o aparelho digestivo são activadas, como também todas as fibras e cadeias musculares dos braços, ombros e tórax  são estimuladas e tonificadas.

Concentração:

A atenção foca-se nos pontos Lao Gong na inspiração e nas pontas dos dedos na expiração.

4 – Fortalecer o Corpo Olhando para Trás – Wu Lao Qi Shang Xiang Hou Qiao

Outra tradução para o nome deste exercício seria – Olhar para trás para afastar as cinco fraquezas e as sete feridas.

Antes de mais nada, este movimento vigoriza muito a musculatura da região cervical massajando as artérias carótidas e estimulando assim a circulação sanguínea cerebral. Para além disso, toda a coluna vertebral é mobilizada, bem como, os braços e as pernas. Este é um movimento muito completo que trabalha a parte muscular e articular de todo o corpo, acalma a mente e regulariza a energia em todos os meridianos eliminando bloqueios e estagnações.

Concentração:

A atenção vai externamente para a respiração e para as duas mãos. Quando as mãos se aproximam do tronco, trazes a atenção para Dan Tian, quando as mãos se afastam a atenção vai para Lao Gong (no centro das palmas).

Internamente, ao inspirar podes visualizar a energia a entrar e nutrir os órgãos (cinco fraquezas) e ao expirar imagina que deixas ir todo o excesso emocional (sete feridas – sete emoções: raiva, alegria, preocupação, pensamentos obsessivos, tristeza, medo e pânico).

5 – Balançar a cabeça e a Cauda para Acalmar o Fogo do Coração- Yao Tou Bai Tun Qu Xin Huo

É dado o nome de fogo do coração a estados de agitação como stress, angústia, ansiedade, irritabilidade, insónia, palpitações, entre outros.

A prática regular deste exercício diminui a força do Yang (agitação, expansão) e fortalece o Yin (repouso, regeneração) acalmando o corpo e o espírito, ajudando assim a equilibrar os estados emocionais descritos acima.

Concentração: 

Ao inspirar imagina o fogo do coração a ser absorvido pelos teus pulmões, ao expirar visualiza todo esse excesso a sair e a ser libertado no ar que sai.

6 – Fortalecer os Rins tocando os Pés – Liang Shou Pan Zu Gu Shen Yao

Este exercício alonga os músculos posteriores das pernas e coxas, da cintura e da região lombar. Fortalece o Meridiano extraordinário Dai Mai (Vaso da Cintura) que equilibra todos os outros. Fortalece a energia (Qi) dos Rins e previne dores lombares.

Concentração: 

Ao levar as mãos ao céu na inspiração imagina que captas energia tanto no ar que entra como através dos pontos Lao Gong. Quando expiras a atenção vai para para Ming Men na região lombar. Quando inspiras com as mãos junto aos pés, imagina que captas a energia da terra e que a encaminhas para os rins. A nossa energia vital está armazenada na região dos Rins e Ming Men, toda a concentração se deve centrar nestes pontos de forma a nutrir e fortalecer esta região.

7 – Aumentar a Força Cerrando os Punhos – Zuan Quan Nu Mu Zeng Qi Li

Como o Ba Duan Jin tem uma base marcial ao executar exercício, deve realmente fazer força e criar tensão muscular, tanto quando avança o braço como quando recolhe, os olhos devem estar bem abertos para fortalecer a energia do Fígado. O Fígado é o órgão que regula a circulação de sangue pelo corpo e governa músculos e tendões. Trabalhar a energia do Fígado significa fortalecer o corpo físico.

Concentração: 

A concentração dirige-se à contração muscular e ao olhar forte na expiração.

8 – Sacudir o Corpo para Eliminar as Doenças – Bei Hau Qi Dian Bai Bing Xiao

Este último exercício regula a energia nos meridianos todos, estimula a circulação e os órgãos internos. Descontrai o corpo todo. Os Chineses dizem que este exercício cura as 100 doenças.

Concentração:

Foca-te na descontração e vibração do corpo.